Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de junho, 2011

A verdadeira luta hoje travada

Padre Elílio de Faria Matos Júnior O filósofo Karl Jaspers identificou na Antiguidade o que ele chamou de “tempo-eixo”, um período de tempo entre 800 e 200 a.C., que, da Grécia até o Extremo Oriente, foi capaz de forjar o destino da história subsequente. O que caracterizou esse fecundo período, na verdade, foi a tomada de consciência de que o sentido do mundo não se encerra no próprio mundo. Rompendo com visões rigidamente cosmocêntricas, grandes individualidades na Grécia (os filósofos), em Israel (os profetas), na China e na Índia apontaram para uma Realidade metacósmica e nela viram o fundamento do mundo e do homem. Notadamente, o globo simbólico de nossa civilização ocidental foi constituído pelo encontro de duas experiências nascidas no tempo-eixo, a saber, a experiência da Revelação em Israel e a experiência da Ideia na Grécia. Em ambas as experiências, o homem e o mundo eram remetidos a um fundamento transcendente, que não estava simplesmente ao dispor das arbitrariedades e d

Um novo "tempo-eixo"?

Padre Elílio de Faria Matos Júnior Ao perlustrarmos os últimos escritos vazianos, principalmente os escritos críticos ou de ocasião [1] , uma das questões que saltam aos olhos é, sem dúvida, o reconhecimento da crise da modernidade, crise na qual estamos mergulhados. O relevo da crise diz respeito sobretudo à crise ética e à crise de sentido. Na obra de Padre Vaz, vemos claramente que a crise da modernidade tem como causa, em última análise, a crise do “saber fundamental por excelência, a metafísica” [2] . O projeto filosófico moderno caracteriza-se fundamentalmente, segundo Padre Vaz, pela ambição titânica de transferir para a imanência do mundo o sentido radical da existência, sentido que, segundo o itinerário que encontrou sua mais rigorosa expressão na metafísica tomásica do esse, prendia-se à transcendência do Absoluto real em sua absoluta irredutibilidade. Só à “inteligência espiritual” [3] , em sua abertura constitutiva para o absoluto do ser, é dado reconhecer o Existente c

Missa do 8° dia da Novena de Santo Antônio - Ewbank da Câmara

MISSA DO 8° DIA DA NOVENA - 11 de junho COMENTÁRIO INICIAL Com.: Hoje a Igreja celebra a Solenidade de Pentecostes! O Pai e o Filho enviam à Igreja o dom do Espírito a fim de que a redenção realizada por Cristo encontre acolhida em cada coração e, assim, formemos uma verdadeira ‘comunidade de salvação’, onde reine a vontade de Deus: a bondade, a partilha, a compaixão, a compreensão, a solidariedade, o perdão... Com a ajuda do Espírito, nosso Consolador, devemos vencer o pecado: o orgulho, a inveja, a maledicência, o egoísmo, o comodismo... A Igreja deve ser uma comunidade de irmãos que anuncia alegremente as maravilhas que o Senhor tem feito! Santo Antônio vem em nossa ajuda com seu exemplo e intercessão. Hoje celebramos o 8º dia da novena em sua honra e meditamos sobre o tema “Amigo dos doentes”. O coração de Antônio foi de tal maneira dócil às inspirações do Espírito que soube reconhecer a presença de Deus nos sofredores. Com o nosso canto, acolhamos o Padre Geraldo Dondici, min

Missa do 7° dia da Novena de Santo Antônio - Ewbank da Câmara

MISSA DO 7° DIA DA NOVENA - 10 de junho COMENTÁRIO INICIAL Com.: Quando celebramos a Santa Missa neste 7° dia da novena de Santo Antônio, temos a alegria de recordar como nosso Padroeiro foi um grande “Defensor da Eucaristia” . Jesus entregou à Igreja o grande mistério do seu Corpo e do seu Sangue para a salvação do mundo. É dever nosso, em união com nossos Pastores, o Papa e o nosso Bispo, celebrar, defender e experienciar, a exemplo de Santo Antônio, este mistério tão grandioso! Cantemos para receber o Padre Camilo e seus auxiliares!  ANTES DAS LEITURAS Com.: Ouçamos com atenção a Palavra que hoje Deus nos dirige! PRECES (Motivação espontânea pelo celebrante) Com.: A resposta de nossos pedidos será: Senhor, escutai a nossa prece! 1. Pela Igreja católica no mundo inteiro, viva cada vez mais intensamente do mistério da Eucaristia, rezemos ao Senhor! R.: Senhor, escutai a nossa prece! 2. Pelo Papa, sucessor do Apóstolo Pedro, a fim de que possa cumprir

Missa do 6° dia da Novena de Santo Antônio - Ewbank da Câmara

MISSA DO 6° DIA DA NOVENA - 9 de junho COMENTÁRIO INICIAL Com.: Hoje estamos reunidos novamente para cumprir o que Jesus pediu na última ceia quando transformou o pão e o vinho em seu Corpo e Sangue, dizendo “Fazei isto em memória de mim”. O tema deste 6° dia na novena de nosso Padroeiro é “Zelo pela Palavra” . Jesus pede ao Pai por todos os que creem por causa da Palavra anunciada. Santo Antônio é modelo de ouvinte que crê e de pregador entusiasmado da Palavra viva de Deus. Cantemos para receber o Padre Danilo e seus auxiliares!   ANTES DAS LEITURAS Com.: Ouçamos com atenção a Palavra que hoje Deus nos dirige! PRECES (Motivação espontânea pelo celebrante) Com.: A resposta de nossos pedidos será: Senhor, escutai a nossa prece! 1. Pela Igreja católica no mundo inteiro, para que anuncie com alegria e sem amarras a Palavra de Deus, que cura, salva e liberta, rezemos ao Senhor! R.: Senhor, escutai a nossa prece! 2. Pelo Santo Padre Bento XVI, que neste

Missa do 5° dia da Novena de Santo Antônio - Ewbank da Câmara

MISSA DO 5° DIA DA NOVENA - 8 de junho COMENTÁRIO INICIAL Com.: Nesta celebração eucarística queremos honrar a memória de Santo Antônio, celebrando o 5° dia de sua novena, cujo tema é “A devoção a Maria” . Ser devoto de Maria é colocar-se, com a mãe do “sim”, no caminho de Jesus. Não nos pode faltar essa devoção porque Jesus mesmo foi quem nos deu sua mãe por nossa mãe. Que Santo Antônio nos ajude a amar Maria para servir mais e melhor a seu filho Jesus. Acolhamos, com nosso canto, o Padre Márcio Aurélio, Vigário Forâneo da nossa forania São Miguel, e a equipe de celebração!  ANTES DAS LEITURAS   Com.: Ouçamos com atenção a Palavra que hoje Deus nos dirige! PRECES (Motivação espontânea pelo celebrante) Com.: A resposta de nossos pedidos será: Senhor, escutai a nossa prece! 1. Pelo Papa e pelo nosso Arcebispo, para que sejam felizes em sua missão apostólica de pregar o Evangelho, rezemos ao Senhor! R.: Senhor, escutai a nossa prece! 2. Pela nossa Fo

Missa do 4° dia da Novena de Santo Antônio - Ewbank da Câmara

MISSA DO 4° DIA DA NOVENA - 7 de junho COMENTÁRIO INICIAL Com.: Mais uma vez reunidos em nome de Cristo! Vamos oferecer o Sacrifício Eucarístico e celebrar o 4° dia na novena de Santo Antônio, cujo tema é “Defensor da justiça” . A Palavra de Deus hoje nos ensina o que é a vida eterna que tanto desejamos: é nossa união com Deus por meio do seu enviado, Jesus Cristo. Santo Antônio, na verdade, começou a viver a vida eterna neste mundo, porque estava todo mergulhado em Deus. E foi por causa do seu profundo conhecimento de Deus que se tornou um grande defensor da justiça, levantando sua voz contra os prepotentes e opressores. Acolhamos com alegria o nosso estimado Padre Luís Duque e a equipe de celebração com nosso canto!  ANTES DAS LEITURAS Com.: Ouçamos com atenção a Palavra que hoje Deus nos dirige! PRECES (Motivação espontânea pelo celebrante) Com.: A resposta de nossos pedidos será: Senhor, escutai a nossa prece! 1. Para que a Igreja, no mundo inteiro, seja

Pessoa, embrião e dignidade

Padre Elílio de Faria Matos Júnior Hoje, mais do que nunca, o direito positivo e as constituições dos diversos países colocam em evidência os direitos da pessoa humana. Nunca na história da humanidade se invocaram com tanta insistência os assim chamados “direitos da pessoa”.  A maioria, contudo, se esquece de que a carga semântica do conceito de pessoa, donde decorre toda a compreensão que se alcançou sobre a dignidade pessoal, lança suas raízes no campo da teologia e encontra sua fundamentação no discurso metafísico ou teológico. Sem uma compreensão metafísica, o conceito de pessoa perde sua inteligibilidade e fundamentação. O que acontece hoje é que vivemos numa contradição: de um lado, os direitos pessoais são defendidos e colocados em evidência como nunca dantes; de outro lado, por vivermos numa cultura que se considera pós-metafísica e mesmo pós-teológica, a fundamentação da dignidade pessoal pende no ar, não encontrando um chão para se efetivar. A noção de pessoa, co

Missa do 3° dia da Novena de Santo Antônio - Ewbank da Câmara

MISSA DO 3° DIA DA NOVENA - 6 de junho às 19h COMENTÁRIO INICIAL Com.: Com alegria, acolhemos a todos para esta Santa Missa, na qual celebramos o mistério da Ascensão do Senhor. Ao subir aos céus, Jesus nos mostra que estamos a caminho da casa do Pai. Não temos aqui morada permanente. Mas é certo que devemos viver bem aqui neste mundo, fazendo a vontade de Deus, para passarmos para a Casa do Pai com paz e tranquilidade. Continuando a nossa novena do padroeiro Santo Antônio, celebramos o seu 2° dia, cujo tema é “Homem de oração”. Foi porque ele se dedicava à oração que se tornou santo, seguindo os passos de Jesus até o céu. Cantemos para acolher o celebrante e seus auxiliares.  ANTES DAS LEITURAS Com.: Ouçamos com atenção a Palavra que hoje Deus nos dirige! PRECES (Motivação espontânea pelo celebrante) Com.: A resposta de nossos pedidos será: Senhor, escutai a nossa prece! 1. Para que o mistério da Ascensão do Senhor recorde à Igreja inteira que a nossa meta é a