quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Liberdade vazia?

Pe. Elílio de Faria Matos Júnior

A liberdade humana não é uma liberdade vazia nem deve ser entendida como tal. Ela se realiza no horizonte de sentido dado pela Razão criadora. Assim, o homem não é pura liberdade, não é liberdade indeterminada, mas é liberdade dotada de uma consistência ontológica, isto é, antes da liberdade ou concomitantemente a ela, existe um sentido ou uma orientação fundamental doado pelo Lógos divino. O horizonte de sentido não exclui a liberdade, mas a chama a realizar-se em conformidade com o que lhe é anterior e ganha expressão na natureza humana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário