sábado, 28 de janeiro de 2012

Santo Tomás de Aquino

Desde muito cedo, antes de entrar no seminário, aprendi a amar Santo Tomás de Aquino, seja por sua lucidez intelectual, que não deixa nada a desejar em relação aos corifeus da modernidade e pós-modernidade (e até os sobrepuja em muitos aspectos), seja por sua fé profunda no mistério de Cristo, Deus e homem, tal como o professa a Igreja Romana. Soube unir a exigência de uma razão que indaga e procura com a humildade que o fez acolher a Palavra de Deus transmitida pela voz da Esposa, a Igreja.

Santo Tomás de Aquino, rogai por nós!

Nenhum comentário:

Postar um comentário